sexta-feira, 29 de julho de 2011

Caderno Pampa 212 Estamos Nele

Pra quem gosta do Blog
pode conferir o comentario no Caderno Pampa 212 Especial 200 Anos de Bagé


http://3.bp.blogspot.com/-POrbWasIY0I/TiORfinTknI/AAAAAAAABug/tHuFmbvjrLA/s1600/Especial%2B200%2Banos%2Bpag8%2Be%2Bpag9.jpg

http://cadernopampa.blogspot.com/2011/07/especial-200-anos-de-bage-17072011.html

quem gosta de Bagé pode conferir

abraços

No Mercadão em São Paulo

Tem vezes que temos de sair para um passeio, e foi o que aconteceu
e nada melhor que um lanche no Mercadão em São Paulo


Bueno é isso

Eu Acredito no Jornal ClassiSul

Pois é Pessoal
andei meio sumido do Blog, mas to de volta
tive a oportunidade de conhecer o Jornal ClassiSul

www.jornalclassisul.com.br

é só conferir, tem online e impresso

como é bom ver as coisas acontecerem em Bagé

abraços

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Eu acredito [cada vez mais] em Bagé

Meu caro amigo e colega Palmeira.
Vou fazer aqui algumas considerações que reforçarão o título que escolhi.Inicialmente digo: Bagé está preparada para crescer. Por quê?

Devido à minha progressão de cargo, de Técnico de TI para Analista de TI, há cerca de 20 dias estou exercendo as minhas atividades no Núcleo de TI da Unipampa, em Alegrete-RS. Esta cidade me fez ver o quanto Bagé - ao contrário do que muitos dizem - está sim preparada para um crescimento futuro.Bagé possui boas opções de lazer como culinária (restaurantes, lancherias, confeitarias, cafés...), cinema, bares, festas noturnas, entre outros. E o melhor de tudo, não cobra caro por isso. Muito diferente da realidade que vi na cidade de Alegrete, onde a falta de opções de lazer faz com que as "quase únicas" existentes cobrem, muitas vezes, valores absurdos por isso.
O resultado: As pessoas de fora (maioria jovens entre 17 e 30 anos), que por motivos de força maior acabam por residir em Alegrete, gastam apenas o excencial [não mais que o excencial] na cidade. Dessa forma, os salários recebidos pelos "novos moradores" de Alegrete acabam por ser gastos em outros lugares, sem contribuir com o crescimento econômico da cidade.Em Bagé vejo uma realidade bem diferente.
Digo isso porque tenho muitos amigos que vieram de outras cidades para morar aqui e estão muito satisfeitos, usufruindo daquilo que a cidade oferece. Estas pessoas, de fato, investem em Bagé e contribuem para o seu desenvolvimento econômico.
Por isso reforço a afirmação: Bagé está preparada para crescer.
Forte abraço e até a próxima.
-- 
Michel R. Iserhardt

Ai está a contribuição do colega Michel